[SUCESSO] Yosemite/Windows8.1/Ubuntu15.04 em SAMSUNG NP270E5G-KD1BR AtiveBook2


Home Fóruns Guias de instalação em Notebooks [SUCESSO] Yosemite/Windows8.1/Ubuntu15.04 em SAMSUNG NP270E5G-KD1BR AtiveBook2

Este tópico contém respostas, possui 14 vozes e foi atualizado pela última vez por  Alisson Souza 11 meses, 2 semanas atrás.

  • Autor
    Posts
  • #17163

    Wesley Bruno
    Participante

    Bom dia amigos, venho compartilhar a aventura de fazer um Hackintosh no meu Notebook, deu muito trabalho e muitas tentativas até conseguir ficar bom.

    Placa: NP270E5G-KD1BR
    Processador: Intel Core i3
    Ethernet: Realtek RTL8139/810x Fast Internet Adapter (Funcionando)
    Wireless: Atheros AR565 802.11 b/g/n Wireless Network Adapter (Não suportada)
    Memória: 4GB DDR3 (3972mb)
    Audio: Realtek ALC269 (Funcionando)
    Gráfico: Intel(R) HD Graphics 4000 (Funcionando)
    Bluetooth: Qualcomm Atheros AR3012 Bluetooth 4.0 (Funcionando)

    Obs1: Trackpad não funciona, mas como sempre uso um Mouse USB não me incomoda.
    Obs2: Substitua a placa wireless por uma AR5B97 que funciona nativamente em todos os MAC OS X.
    Obs3: Nunca instale as Kexts VoodooPS2Controller nem ACPIBatteryManager.

    Material Necessário:
    Imagem Yosemite do Site: Yosemite 10.10.3.
    Dvd Original do Windows 8.1 PRO.
    Imagem do Ubuntu AMD 64: Ubuntu.
    Imagem do Gparted Live USB AMD64: Gparted (Opcional)
    Pendrive de 8GB para o Yosemite.
    Pendrive de 2GB para o Ubuntu.
    Pendrive de 1GB para o Gparted. (Opcional)
    Pasta EFI alternativa para o Notebook. Anexada nesse Post
    MultiBeast: MultiBeast para Yosemite

    Grave o Yosemite normalmente com o ImageWriter que vem junto no Torrent, o windows vai montar automaticamente a partição EFI. Dentro dessa partição tem uma pasta EFI, delete-a.
    Extraia o ZIP do arquivo EFI alternativa que você baixou, você vai receber duas pastas, copie apenas a pasta EFI e cole na partição EFI do Pendrive.

    Para gravar o Ubuntu qualquer programa de USBbootable serve, mas eu usei o próprio Criador de Disco de Inicialização do Ubuntu, que é próprio para isso, deixa espaço adicional para guardar configurações e programas instalados pelo modo LiveUSB e formata o pendrive em EXT2 ao invés de FAT 32.

    Antes de mais nada é necessário configurar a Bios: Reinicie o Notebook e pressione F2 até chegar ao Setup da Bios.
    (Obs: Se tiver algum sistema instalado em modo Legacy (MBR) ele vai perder o boot).
    Desative Fast Boot
    Desative Secure Boot.
    Ative o MODO UEFI (Não adianta colocar UEFI and Legacy).
    Ative AHCI.
    Defina a ordem de boot para USB HDD primeiro.

    Particionando:

    Essa é a parte onde cada um escolhe como deseja fazer, pode simplesmente começar instalando o Windows e usar o particionador dele para criar a partição, mas eu não gosto dessa forma pois o Windows cria, além das necessárias Partição C: e EFI, muitas partições inúteis que só ocupam espaço. Por isso particionei tudo desde o princípio com o GPARTED.

    Plugue o Pendrive do GPARTED e ligue o notebook, selecione não mudar kaymap, quando perguntado digite 01 e de enter para Português do Brasil, e no próximo basta pressionar enter.
    Obs: O GPARTED não aceita clique no tracpad como clique normal, vai ter que usar os dois botões abaixo do trackpad.

    Uma vez com o GPARTED aberto a primeira coisa a se fazer é ter certeza que o HD está em GPT:
    Dispositivo >>> Criar Tabela de Partição >>> GPT (Isso apaga tudo do HD)

    Depois só criar as novas partições de acordo com o seu desejo na seguinte ordem:

    1ª Rótulo EFI | Formato Fat32 | Tamanho Mínimo de 250mb (250 mb é suficiente)
    2ª Rótulo Windows | Formato NTFS | Tamanho Mínimo 20GB (Recomendo mínimo 40GB)
    3ª Rótulo Ubuntu | Formato EXT4 | Tamanho Mínimo 7GB (Recomendo mínimo 25GB)
    4ª Rótulo Yosemite | Formato HFS+ | Tamanho Mínimo 20GB
    5ª Rótulo Documentos |Formato NTFS | Opcional

    Recomento fortemente a partição Documentos, só traz benefícios, NTFS pode ser lido e escrito pelo Windows, Linux e Yosemite (com ajustes), deixa os sistemas mais rápidos já que não atrapalham os arquivos de sistema e em caso de formatação não se perde os documentos.

    Aplique as novas configurações, mas ainda não acabou. Temos que identificar a partição EFI como tal, para que os sistemas a reconheçam como local de instalação dos BootLoaders.

    1: Clique direito sobre a partição EFI.
    2: Gerenciar sinalizadores.
    3: Selecione Boot, ela marca automaticamente ESP e deve ser assim mesmo.

    Instale o Windows:

    Pronto, já pode reiniciar com o DVD do Windows e instalar normalmente, o instalador do windows automaticamente seleciona a partição com rótulo Windows para instalar, mas caso não o faça é só clicar em cima dessa partição para marca-la. Graças aos sinalizadores boot e esp, o bootloader também foi corretamente instalado na partição EFI.

    Instale o Ubuntu:

    A instalação do Ubuntu também é normal, com uma diferença: Quando chegar até as partições selecione Método Avançado, com o particionador aberto selecione a partição EXT4 previamente feita, clique em modificar, na nova janela deixe as opções assim:

    1: Usar como: Sistema de Arquivos EXT4
    2: Ponto de Montagem: /
    3: NÃO selecione a caixa que pede para formatar. E confirme

    Em baixo pergunta onde instalar o GRUB2 (BootLoader).
    Selecione algo semelhante a isso: Dev SDA1 Windows Boot Manager, isso vai fazer o ubuntu instalar o GRUB2 na partição EFI e não no setor MBR do HD. Isso não vai apagar o BootLoader do Windows, eles vão estar lado a lado.
    SE ISSO ACIMA NÃO FOR FEITO NENHUM SISTEMA INICIA
    Aceite os avisos e prossiga normalmente. (Não vejo necessidade de SWAP para essa configuração).

    DICA: O Ubuntu está com problemas em resolver DNS em várias partes do Brasil, isso impede conexão com a internet, recomendo resolver antes mesmo de instalar, pra poder selecionar a caixa que baixa atualizações automaticamente durante a instalação:
    Na primeira tela depois de carregar o instalador (A tela que seleciona o idioma):
    1: Clica no simbolo de conexões na Barra em cima. (Próximo ao relógio)
    2: Seleciona Editar Conexões.
    3: Clica em Wired Conection e vai em editar.
    4: Vai até Configuração IPV4.
    5: Em Método selecione Somente Endereços (DHCP) automáticos. (DHCP Only em inglês)
    6: Em Servidores DNS (DNS Servers) coloque exatamente: 8.8.8.8, 8.8.4.4
    7: Salve e feche. Pronto, problema corrigido.

    Importante:

    Se tentar instalar o Yosemite agora vai dar erro, algo sobre o Sistema de arquivos não pode ser dimensionado, selecione HFS+. Deu um pouquinho de dor de cabeça essa parte até que descobri o problema, quando o Ubuntu instala ele muda os sinalizadores de partição EFI para legacy_grub, isso fez o Yosemite pensar que o HD era MBR e não GPT, e a imagem do site não suporta MBR. Então plugue o pendrive do GPARTED novamente, clique direito sobre a partição EFI >>> Gerenciar Sinalizadores >>> Boot e Esp.

    Instale o Yosemite: 

    Agora coloque o Pendrive do Yosemite, no Clover navegue com as setas até o pendrive de instalação do Yosemite, aperte o espaço e selecione a opção Without Injected Kext, ele vai abrir em modo verbose e vai travar no fim, isso é normal, quando travar, desligue pelo botão e ligue novamente com o pendrive, dessa vez pode selecionar o pendrive de instalação e dar enter normalmente.
    Obs: Se ficar preso na tela que pede para conectar Teclado Bluetooth aperte espaço que ele reconhece o teclado do notebook.

    Selecione utilitário de Disco, clique na partição Yosemite, vai em apagar, selecione HFS+ Com Regime Cronológico. (Só instala com Regime Cronológico), deixe o nome como Yosemite mesmo. Clique em apagar e confirme. (Ele adiciona uma partição pequena chamada Recorvery HD, não faz mal, pode apagar depois da instalação se desejar).
    Agora só continuar a instalação como normalmente.

    Instalando o Clover: 

    Uma vez com o Yosemite instalado vamos retirar a necessidade de usar o Pendrive para iniciar o Sistema:
    1: Abra um terminal no Yosemite:
    2: Use o comando sudo -sdiskutil list (Para descobrir as partições e identificar as EFI) (Pede senha do Usuário)
    3: Use o comando diskutil mount /dev/diskXsY (Para montar as partições EFI do Pendrive e do HD)
    (X é o número do disco e Y da partição, provavelmente vai ser /dev/disk0s1 para a EFI do HD e /dev/disk1s1 para a EFI do pendrive).
    4: Arraste as pastas Boot e Clover que existem dentro da EFI do pendrive e solte-as na partição EFI. (Eu prefiro arrastar a pasta EFI inteira, soltar na partição e mesclar as duas pastas EFI).

    Reinicie novamente como pendrive, no Clover selecione “Clover Boot Options” e depois “Add as UEFI Boot Option” e pronto.

    Pós-Instalação:

    O melhor a se fazer é usar o MultiBeast:

    DSTD Free
    Em Drivers Selecione:
    Audio: Realtek ALC269
    Disk: Não altere nada.
    Graphics: Selecione Intel Graphics Patch for Mixed Configurations
    Misk: Selecione os 3 FakeSMC (Nunca selecione nenhuma das outras, todas impedem a inicialização).
    Network: Ignore todas, nenhuma funciona, veremos rede mais a frente.
    System: Não altere nada.

    Em BootLoader deixe Chimera selecionado, sem ele nada instala e ele não interfere negativamente em nada.
    Em Customize não precisa alterar nada. (Opcionalmente pode mudar o System Definitions para MacBook Pro 8.1, aparentemente melhora gráficos Intel).

    Agora só ir em Build e instalar, (vai pedir a senha do usuário), reiniciar, e tá pronto o Hackintosh.

    Instalando a Rede:

    Depois de todo esse trabalho vamos no Safari e descobrimos que não temos rede… Vamos concertar isso.

    Baixe o Driver que está anexado nesse post e instale, ele é exatamente igual a um programa do windows, dẽ dois cliques no arquivo que ele descompacta e automaticamente abre a Janela com o instalador, dễ dois cliques no pacote .mpkg, vai abrir um instalador, é só avançar e concordar até o fim e depois aceitar reiniciar.

    Ainda não está funcionando, mas precisamos configurar:

    1: Abre as preferências de Sistema.
    2̣: Clica em Redes.
    3: Percebam que a interface agora foi detectada, mas não conecta corretamente.
    4̣: Clica em Avançado
    5: Clica em Hardware
    6: Altere as opções para ficarem assim:

    Configurar: Manualmente
    Velocidade: 10baseT/UTP
    Duplex: Full-Duplex
    MTU: Padrão (1500)

    7: Confirme.
    8: Clique em Aplicar

    Pronto, um Hackintosh quase perfeito.

    Anexos:
    You must be logged in to view attached files.
  • #17168

    Wesley Bruno
    Participante

    Configurações secundária úteis:

    Ubuntu:

    Instale o HFSPROG para poder ler e escrever em partições HFS+, não recomendo mexer nos arquivos de sistema do Yosemite por fora dele, mas o Ubuntu já me ajudou com duas Kexts chatinhas, e me permite mover arquivos entre os dois sistemas.

    1: Abra um terminal.
    2: Rode o comando: sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade
    3: Rode o comando: sudo apt-get install hfsprogs
    4: Remonte a partição Yosemite: Pra quem particionar igual a mim:

    sudo mount -t hfsplus -o remount,force,rw /media/seuusuário/Yosemite

    Logicamente em “seuusuário” coloque seu nome de usuário no Ubuntu.

    Windows:

    Baixe o SW Update para instalar os programas e drivers originais dos notebooks da Sansung: Sw Update

    Transforme o Driver D: Documentos no destino nativo das bibliotecas do Windows, isso mesmo, Vídeo, Áudio, Documentos, Imagens e Downloads diretamente la.

    1: Va até meu computador e entre na partição dos Documentos.
    2: Crie 5 pastas: Imagens, Músicas, Videos, Documentos e Downloads.
    3: Volte até o Meu computador.
    4: Clique com o botão direito na Biblioteca Vídeos.
    5: Em local, clique em alterar, procure a pasta Vídeos da partição do HD, abra, e confirme pra usa-la.
    6: Aplique a nova configuração
    7: Quando perguntar se deseja mover, clique SIM.
    8: Faça o mesmo com as outras bibliotecas.

    Obs. Só faça isso pelas bibliotecas em Meu Computador, não tente pelas Bibliotecas em Bibliotecas, da erro.

    Yosemite:

    Adicionando suporte leitura/escrita para NTFS

    Baixe e instale:

    OSX FUSE (Selecione também MacFuse Compatibility Layer)
    NTFS 3G [Quando chegar a Caching Mode selecione No Caching][Não clique Reiniciar no fim, volte e feche a janela]
    FUSE WAIT (Depois de instalar esse, é só reiniciar)

    Acho que de importante só consigo me lembrar disso.

    • #18381

      Welton Navarro
      Participante

      Tenho um ultrabook NP530u. Ja tentei de tudo. Agora estou seguindo o seu tuto. Mas o pendrive não arranca.

      Tenho um outro pendrive que arranca, mas está com ElCapitan, vejo a instalação somente com ele plugado no HDMI. Me Ajuda… Por favor.

  • #17170

    Juciano
    Mestre

    Muito bom trabalho Wesley 🙂

  • #17207

    Wesley Bruno
    Participante

    Obrigado Juciano, não foi um trabalho perfeito, mas já ajuda.

    Consertei o trackpad. 😀

    Pra quem acha que o trackpad, ou touchpad, seja lá qual for o nome, é essencial, consegui fazer funcionar, fui buscar um meio depois que percebi que sempre que precisar sair ser obrigado a levar um mouse USB é altamente incomodo.

    1 – Baixe o Hackintosh Vietnam Tool – Baixe aqui
    2 – Execute com duplo clique.
    3 – Continue e concorde até chegar na tela de escolher o que instalar.
    4 – Abra a opção de Kexts
    5 – Abra a opção Trackpad and Keyboard
    6 – Marque Elan/Focaltech
    7 – Clique em continuar.
    8 – Clique em instalar.
    9 – Coloque sua senha.
    10 – Quando acabar, reinicie o Note e seja feliz.

    Estranhamente o driver Synaptics que é o original do Notebook não apenas não funciona como impede a inicialização do sistema, e o driver que usamos é para computadores da Assus e funciona super bem.

    Ah, o sistema ainda não aceita cliques no trackpad como cliques em botões, o que te obriga a usar os botões em baixo do trackpad, coisa que odeio, então…

    1 – Preferências do Sistema
    2 – Trackpad
    3 – Deixe marcado as seguintes opções:

    Ao usar gestos para rolar ou navegar….
    Usar dois dedos para a rolagem…
    Permitir rolagem horizontal
    Clicar
    Toque no trackpad usando dois dedos…
    Ignorar uso acidental do trackpad

    As outras opções você marca se quiser, também sugiro dar uma diminuída na velocidade de rastreamento, pq parece Fórmula 1, no terceiro marcador fica com velocidade igual do Windows.

    Anexos:
    You must be logged in to view attached files.
  • #17285

    Wesley Bruno
    Participante

    Sempre que tenho tempo venho aqui postar mais configurações que fiz no meu notebook que dá muito trabalho pra hackintosh, diferente do LG de um amigo meu que reconheceu tudo automaticamente.

    Instalando o gerenciador de bateria.

    Ficar sem saber o tempo que resta de bateria é complicado, por tanto:

    1- Baixe as kexts anexadas nesse post.
    2- Baixe o Kext Utility (Baixe Aqui)
    3- Arraste o Kext Utility pra pasta de Aplicações (Opcional/Recomendado)
    4- Abra o Kext Utility e espere completar o processo inicial (Aparece Enjoy no fim)
    5- Arraste uma das Kexts para a Janela do programa e espere completar novamente.
    6- Arraste a Outra Kext e espere novamente, não importa muito a ordem das kexts.
    7- Abra o Utilitário de discos, selecione a partição do Yosemite e clique em reparar permissões, teoricamente o Kext Utility já faz isso, mas uma segurança a mais sempre é bom.
    7 – Reinicie, o note vai travar mas não se desespere, espere uns 5 minutos na tela da maçã só por precaução.
    8- Desligue no botão e ligue novamente, agora a bateria vai estar funcionando. 😀

    Anexos:
    You must be logged in to view attached files.
  • #17433

    biggka
    Participante

    Wesley, muito bom trabalho.

    Tenho um notebook igual ao seu, porém nunca consegui realizar um hackintosh, você pode me ajudar a fazer somente o yosemite do zero? quero rodar só ele no meu notebook…Obrigado desde já. Um abraço!

     

  • #17436

    Wesley Bruno
    Participante

    Claro Biggka, só dizer qual o problema que está enfrentando. Normalmente é só seguir a parte de configurar a Bios e de instalar o Yosemite, ignorando os passos do Windows e do Ubuntu. Mas estou aqui pra ajudar.

    Pessoalmente não recomendo só o Hackintosh nesse notebook, apesar de eu ter conseguido um sistema estável, com uso bem semelhante a um Mac real, esse notebook claramente não é o melhor hardware pra ele, sempre podem ocorrer problemas e sem outro SO na máquina pode ser difícil de resolver.

    Lembrando que a imagem para notebooks disponibilizada pelo site não funciona nesse notebook, tem que baixar a versão para pc e substituir a EFI, do jeito que descrevi aqui, e tem que ter mouse USB pra instalar, o trackpad não funciona na instalação.

  • #17736

    Johnny Max
    Participante

    Amigo, tenho a mesma placa de Ethernet que vc. Realtek RTL8139/810x Fast Ethernet Adapter. Baixei essa kext que você postou, instalei e não aparece essas opções. Quando clico em rede fica assim “Não há nenhum serviço de localização. Clique em adicionar (+) para configurar um serviço”. Ai eu clico em + e acontece um erro “Houve um erro nas preferências Rede”. Meu notebook é um CCE Iron 535P. Não sei o que fazer mais rsrsrsrsrs

  • #17809

    Broccoli
    Participante

    Muito bom trabalho, Wesley! Foi de grande ajuda teu post. Gostaria de saber se posso usar parte dessas informações, com os devidos créditos, para fazer um guia para o NP270E5G-XD1BR. Alguns componentes são diferentes, tem placa da NVIDIA pra configurar, deu 1 trabalho a mais, hehe.

    • #17813

      Wesley Bruno
      Participante

      Pode usar sim Broccoli, fique a vontade.

  • #17879

    SyDPaulO
    Participante

    Wesley, queria pedir uma pequena ajuda, nesse meu tópico tem as informações do meu notebook e o que eu estou precisando: http://www.hackintoshworld.com/forums/topic/ajuda-samsung-np270e4e-kdabr/

  • #18042

    vitneijunior
    Participante

    Então pessoal, preciso de ajuda. To meio perdido ainda… Seguinte, tenho “quase” o mesmo note do post, Samsung e tals, porem o final dele é XD1BR. Esse note tem uma vga geforce 710m e não está habilitada. Como devo proceder para ativar e como ativo tbm o teclado numérico. Obrigado!!!

  • #18256

    SyDPaulO
    Participante

    Wesley, poderia me ajudar a montar meu Hackintosh? Meu notebook é um Samsung ATIV Book NP270E4E-KDABR. Já cheguei montar um Hackintosh com o El Capitan, consegui arrumar algumas coisas, e outras não, como por exemplo, WiFi, a tela ficava piscando devido a falta de drivers de vídeo, cheguei a procurar soluções, chequei o tutorial, e mesmo assim não cheguei a uma resolução, e como eu vi que o seu computador é meio que “parecido” com o meu, e que você tem experiência, queria pedir sua ajuda. Skype: paulo1995a Gmail: paulovff82@gmail.com | Poderia entrar em contato? De preferência pelo Skype?

  • #18257

    SyDPaulO
    Participante

    O arquivo EFI.zip não se encontra mais disponível D;

  • #18441

    icarome
    Participante

    Olá, Wesley

    Tenho esse mesmo modelo de notebook. Ao abri-lo notei que a placa wifi dele é soldada à placa mãe, sendo portanto, impossível de substituir como você sugeriu, a menos que tenha conseguido fazer a operação o que seria muito interessante pra mim. Tenho usado um adaptador USB tp-link wn725N, infelizmente não tem integração nativa de seleção de redes wifi, o adaptador tem suporte para Mac nativo diretamente da tp-link e o app para gerenciamento é minimalista e bem limpo. Fica a dica para quem quiser um adaptador.

    Sobre o trackpad e teclado, consegui usá-los com a kext VoodooPS2, mas somente com a última versão 1.18.27 disponível no site deles.

    Muito bacana seu tutorial. Parabéns cara.

  • #18529

    helton
    Participante

    Wesley Bruno, estou seguindo seu tutorial muito bem explicado, parabéns. Porém o link da pasta “EFI.zip” não está mais disponível e não consegui localizar em outro fórum. Se você puder atualizar, agradeço.

  • #18530

    helton
    Participante

    Falta de atenção minha. Achei o link da pasta EFI alternativa para o Notebook “EFI_Capitan-e-Yosemite.zip” no outro post.

  • #18629

    BreezeRZR
    Participante

    Eu já tenho o windows 10 instalado, será que da pra eu só particionar pelo gparted, instala o Ubunto e dps o Yosemite?

     

  • #18640

    alxsduarte
    Participante

    Perguntinha: depois de instalar o Ubuntu, e antes do Yosemite, é normal ficar sem o Grub. Reiniciei o note e entrou direto no Windows, sem perguntar qual o SO eu queria iniciar…

    • Esta resposta foi modificada 1 ano atrás por  alxsduarte.
  • #18647

    Alisson Souza
    Participante

    Olá pessoal, boa tarde!

    Sabem informar se funcionar no Samsung Modelo NP270E4E-KD5BR Core i3? Alguém já conseguiu instalar nesse notebook?

  • #18669

    microcarvalho
    Participante

    Ola, Weslei Bruno eu tenho um notebook igual o seu, segui os seus passos e instalei com sucesso o yosemite. Porem não sei oq aconteceu não me lembro, acho que deixei ele desconectado da fonte de alimentação e ligado ai fechei a tela e tirei a bateria para poder abrir a tampa de baixo para verificar a bendita placa de wireless se era mesmo soldada, a placa é soldada, so que ao ligar o notebook novamente ele apareceu no clover boot from mac os x yosemite (hibernation) e o mac os x não saia da tela da maçã com uma barra de carregamento diferenciada no formato de condigo de barras arredondados ao tentar fazer outra instalação do mac os x yosemite apareceram duas imagens. São elas um macbook mostrando o botão power a ser pressionado e outra de deslisar um seletor de algo que desconheço, na duvida formatei o hd e apaguei tudo usando a instalação do windows ma mesmo assim ao tentar fazer uma nova instalação ele so fica mostrando as imagens  vou anexar as imagens. me ajude por favor!

    Anexos:
    You must be logged in to view attached files.
    • #18672

      Wesley Bruno
      Participante

      Estranho, a minha não era soldada, troquei facilmente, então fica o aviso para os próximos, alguns modelos desse notebook tem a placa soldada, então recomendo procurar wifi USB que seja compatível, eu não conheço nenhum por que nunca precisei usar.

      microcarvalho essas imagens significam que o sistema não está reconhecendo o teclado e está pedindo um Teclado Bluetooth. Mas ele costuma reconhecer novamente se você apertar o espaço do teclado durante essa tela,  tenta aí.

      • #18674

        Alisson Souza
        Participante

        Wesley Bruno,

        Cara, veja se consegue me ajudar. Tenho um Samsung  NP270E4E-KD5BR, instalei usando seu tutorial, deu certo quase tudo. Troquei a placa Wi-Fi por essa recomendada, só não tem Bluetooth até ai blz. Instalei o El Capitan seguindo o tutorial e não consigo colocar a bateria para mostrar o status, instalei kexts de bataria, algumas deu Kernel Panic outras so mostra como 100%. Você conseguiu fazer funcionar a bateria?

  • #17536

    Wesley Bruno
    Participante

    Bom dia amigos, antes de iniciar esse tópico aviso que ele nada mais é que a atualização do meu outro tópico e que inclui fotos, na base é a mesma coisa, tanto que 90% do conteúdo é igual, então podem deletar o outro.

    Placa: NP270E5G-KD1BR
    Processador: Intel Core i3
    Ethernet: Realtek RTL8139/810x Fast Internet Adapter (Funcionando)
    Wireless: Atheros AR565 802.11 b/g/n Wireless Network Adapter (Não suportada)
    Memória: 4GB DDR3 (3972mb)
    Audio: Realtek ALC269 (Funcionando)
    Gráfico: Intel(R) HD Graphics 4000 (Funcionando)
    Bluetooth: Qualcomm Atheros AR3012 Bluetooth 4.0 (Funcionando)

    Obs1: Trackpad não funciona na instalação, precisa de mouse USB, no pós instalação ele funciona normalmente.
    Obs2: Substitua a placa wireless por uma AR5B97 que funciona nativamente em todos os MAC OS X.

    Material Necessário:
    Imagem Yosemite do Site: Yosemite 10.10.3.
    Imagem do Windows 10 Insider Preview (Gratuito e Oficial): Windows 10
    Imagem do Ubuntu AMD 64: Ubuntu.
    Imagem do Gparted Live USB AMD64: Gparted (Opcional)
    Pendrive de 8GB para o Yosemite.
    Pendrive de 2GB para o Ubuntu.
    Pendrive de 8GB para Windows.
    Pendrive de 1GB para o Gparted. (Opcional)
    Pasta EFI alternativa para o Notebook. No Anexo deste post, copiado do post do Juciano, créditos para ele.
    MultiBeast: MultiBeast para Yosemite
    Hackintosh Vietnam Tools: Hackintosh Vietnam Tools

    Gravando o Yosemite:

    Com o pendrive já plugado na USB É só abrir o ImageWriter que vem junto no torrent e na janela selecionar a Imagem do Yosemite em cima e o pendrive em baixo:

    Gravando o Yosemite

    Depois basta clicar em copy e esperar um bom tempo até concluir.

    Processo concluído

    Para conseguir dar boot nesse notebook é necessário um passo adicional que é substituir a pasta EFI por outra com as Kexts necessárias, essa pasta EFI está anexada nesse post disponível para Download.

    Primeiro delete a pasta EFI que existe dentro da partição do Pendrive que o Windows Montou.

    [caption id="" align="alignnone" width="1366"]Pasta EFI do PEndrive que deve ser deletada Essa pasta EFI que existe dentro do pendrive deve ser deletada.[/caption]

    Depois de Extrair o arquivo baixado arrasta a pasta EFI dentro dele para o Pendrive.

    Substituindo pasta EFI

    Gravando o Ubuntu:

    Para o Ubuntu qualquer programa de USB bootable serve, eu usei o próprio Criador de Disco de Inicialização do Ubuntu, que é uma ferramenta própria para isso, também basta selecionar a Imagem do Ubuntu em Cima e o pendrive em baixo, sugiro deixar todo o pendrive disponível para o ubuntu, assim suas configurações no modo LiveUSB vão permanecer salvas, para isso arraste a barrinha de quantidade até o fim, se não o fizer, o pendrive vai ficar ocm espaço livre para colocar arquivos normais.

    Depois é só clicar em Criar Disco de Inicialização

    Gravando o Windows:

    É Extremamente fácil, é só extrair o arquivo ISO com o Winrar e depois arrastar todos os arquivos para dentro do Pendrive:

    Disco de Inicialização WIndows 10

    Configurando a BIOS:

    Antes de mais nada é necessário configurar a Bios: Reinicie o Notebook e pressione F2 até chegar ao Setup da Bios.
    (Obs: Se tiver algum sistema instalado em modo Legacy (MBR) ele vai perder o boot).
    Desative Fast Boot
    Desative Secure Boot.
    Ative o MODO UEFI (Não adianta colocar UEFI and Legacy).
    Ative AHCI.
    Defina a ordem de boot para USB HDD primeiro.

    Particionando:

    Particionar é a ação de dividir o HD em várias partes e elas funcionam como se fossem diversos HDs. Essa é a parte onde cada um escolhe como deseja fazer, pode simplesmente começar instalando o Windows e usar o particionador dele para criar a partição, mas eu não gosto dessa forma pois o Windows 10 cria, além das necessárias Partição C:,  EFI e Recovery, muitas partições inúteis que só ocupam espaço. Por isso particionei tudo desde o princípio com o GPARTED.

    Plugue o Pendrive do GPARTED e ligue o notebook, selecione não mudar kaymap, quando perguntado digite 01 e de enter para Português do Brasil, e no próximo basta pressionar enter.
    Obs: O GPARTED não aceita clique no tracpad como clique normal, vai ter que usar os dois botões abaixo do trackpad.

    Uma vez com o GPARTED aberto a primeira coisa a se fazer é ter certeza que o HD está em GPT:
    Dispositivo >>> Criar Tabela de Partição >>> GPT (Isso apaga tudo do HD)

    Depois só criar as novas partições de acordo com o seu desejo na seguinte ordem:

    1ª Rótulo EFI | Formato Fat32 | Tamanho Mínimo de 250mb (250 mb é suficiente)
    2ª Rótulo Recovery | Formato NTFS | Tamanho mínimo de 300mb (300mb é suficiente) (O Windows 10 obriga ter essa partição).
    3ª Rótulo Windows | Formato NTFS | Tamanho Mínimo 20GB (Recomendo mínimo 40GB)
    4ª Rótulo Ubuntu | Formato EXT4 | Tamanho Mínimo 7GB (Recomendo mínimo 25GB)
    5ª Rótulo Yosemite | Formato HFS+ | Tamanho Mínimo 20GB
    6ª Rótulo Documentos |Formato NTFS | Opcional

    Recomento fortemente a partição Documentos, só traz benefícios, NTFS pode ser lido e escrito pelo Windows, Linux e Yosemite (com ajustes), deixa os sistemas mais rápidos já que não atrapalham os arquivos de sistema e em caso de formatação não se perde os documentos.

    Aplique as novas configurações, mas ainda não acabou. Temos que identificar a partição EFI como tal, para que os sistemas a reconheçam como local de instalação dos BootLoaders.

    1: Clique direito sobre a partição EFI.
    2: Gerenciar sinalizadores.
    3: Selecione Boot, ela marca automaticamente ESP e deve ser assim mesmo.

    Agora vamos identificar a partição Recovery como partição de recuperação, para o Windows identifica-la como tal.

    1: Clique direito sobre a partição Recovery.
    2: Gerenciar sinalizadores.
    3: Selecione Diag e confirme.

    [caption id="" align="alignnone" width="1366"]Resultado final do Gparted Resultado final do Gparted.[/caption]

    Instale o Windows:

    Pronto, já pode reiniciar com o Pendrive do Windows e instalar normalmente, o instalador do windows automaticamente seleciona a partição com rótulo Windows para instalar, mas caso não o faça é só clicar em cima dessa partição para marca-la. Graças aos sinalizadores boot e esp, o bootloader também foi corretamente instalado na partição EFI e graças ao Sinalizador Diag os arquivos de recuperação então na partição Recovery.

    Instale o Ubuntu:

    Entre novamente na BIOS e coloque o Pendrive (USB HDD) novamente como primeira opção de boot e reinicie com o pendrive.

    A instalação do Ubuntu também é normal, com uma diferença: Quando chegar até as partições selecione Método Avançado, com o particionador aberto selecione a partição EXT4 previamente feita, clique em modificar, na nova janela deixe as opções assim:

    1: Usar como: Sistema de Arquivos EXT4
    2: Ponto de Montagem: /
    3: NÃO selecione a caixa que pede para formatar. E confirme

    Em baixo pergunta onde instalar o GRUB2 (BootLoader).
    Selecione algo semelhante a isso: Dev SDA1 Windows Boot Manager, isso vai fazer o ubuntu instalar o GRUB2 na partição EFI e não no setor MBR do HD. Isso não vai apagar o BootLoader do Windows, eles vão estar lado a lado.
    SE ISSO ACIMA NÃO FOR FEITO NENHUM SISTEMA INICIA
    Aceite os avisos e prossiga normalmente. (Não vejo necessidade de SWAP para essa configuração).

    DICA: O Ubuntu está com problemas em resolver DNS em várias partes do Brasil, isso impede conexão com a internet, recomendo resolver antes mesmo de instalar, pra poder selecionar a caixa que baixa atualizações automaticamente durante a instalação:
    Na primeira tela depois de carregar o instalador (A tela que seleciona o idioma):
    1: Clica no simbolo de conexões na Barra em cima. (Próximo ao relógio)
    2: Seleciona Editar Conexões.
    3: Clica em Wired Conection e vai em editar.
    4: Vai até Configuração IPV4.
    5: Em Método selecione Somente Endereços (DHCP) automáticos. (DHCP Only em inglês)
    6: Em Servidores DNS (DNS Servers) coloque exatamente: 8.8.8.8, 8.8.4.4
    7: Salve e feche. Pronto, problema corrigido.

    Importante:

    Se tentar instalar o Yosemite agora vai dar erro, algo sobre o Sistema de arquivos não pode ser dimensionado, selecione HFS+. Deu um pouquinho de dor de cabeça essa parte até que descobri o problema, quando o Ubuntu instala ele muda os sinalizadores de partição EFI para legacy_grub, isso fez o Yosemite pensar que o HD era MBR e não GPT, e a imagem do site não suporta MBR. Então plugue o pendrive do GPARTED novamente, clique direito sobre a partição EFI >>> Gerenciar Sinalizadores >>> Boot e Esp.

    Instale o Yosemite: 

    Entre novamente na BIOS e coloque novamente o USB HDD como primeira opção de boot.

    Agora coloque o Pendrive do Yosemite, no Clover navegue com as setas até o pendrive de instalação do Yosemite, aperte o espaço e selecione a opção Without Injected Kext, ele vai abrir em modo verbose e vai travar no fim, isso é normal, quando travar, desligue pelo botão e ligue novamente com o pendrive, dessa vez pode selecionar o pendrive de instalação e dar enter normalmente.
    Obs: Se ficar preso na tela que pede para conectar Teclado Bluetooth aperte espaço que ele reconhece o teclado do notebook.

    Selecione utilitário de Disco, clique na partição Yosemite, vai em apagar, selecione HFS+ Com Regime Cronológico. (Só instala com Regime Cronológico), deixe o nome como Yosemite mesmo. Clique em apagar e confirme. (Ele adiciona uma partição pequena chamada Recorvery HD, não faz mal, pode apagar depois da instalação se desejar).
    Agora só continuar a instalação como normalmente, lembrando que não adianta ficar insistindo na tela de configurar Ethernet, não vai dar certo, ethernet só depois.

    Instalando o Clover: 

    Uma vez com o Yosemite instalado vamos retirar a necessidade de usar o Pendrive para iniciar o Sistema:
    1: Abra um terminal no Yosemite:
    2: Use o comando sudo -s diskutil list (Para descobrir as partições e identificar as EFI) (Pede senha do Usuário)
    3: Use o comando diskutil mount /dev/diskXsY (Para montar as partições EFI do Pendrive e do HD)
    (X é o número do disco e Y da partição, provavelmente vai ser /dev/disk0s1 para a EFI do HD e /dev/disk1s1 para a EFI do pendrive).
    4: Arraste as pastas Boot e Clover que existem dentro da EFI do pendrive e solte-as na partição EFI. (Eu prefiro arrastar a pasta EFI inteira, soltar na partição e mesclar as duas pastas EFI).

    Reinicie novamente como pendrive, no Clover selecione “Clover Boot Options” e depois “Add as UEFI Boot Option” e pronto.

    Pós-Instalação:

    O melhor a se fazer é usar o MultiBeast:

    [caption id="" align="alignnone" width="802"]DSDT FREE DSDT FREE[/caption]

    [caption id="" align="alignnone" width="803"] Graphics > Intel Mixed Configurations” width=”803″ height=”629″ /> Drivers > Graphics > Intel Graphics Patch for Mixed Configurations[/caption]

    [caption id="" align="alignnone" width="803"] Misc> Os dois FakeSMC” width=”803″ height=”629″ /> Drivers > Misc> Fake SMC v6.14.1364 Plugins e FakeSMC v6.14.1364 HWMonitor Application[/caption]

    [caption id="" align="alignnone" width="802"] Install” width=”802″ height=”627″ /> Só Instalar.[/caption]

    Depois usamos o Hackitosh Vietnam Tool: É só abrir e avançar e aceitar até chegar na tela que escolhe os componentes.

    [caption id="" align="alignnone" width="621"] Trackpad and KeyBoard > Elan/Folcatech” width=”621″ height=”439″ /> Kext > Trackpad and KeyBoard > Elan/Folcatech[/caption]

    [caption id="" align="alignnone" width="621"] Clover Configurator e Kext Utility” width=”621″ height=”440″ /> Tools > Clover Configurator e Kext Utility[/caption]

    Agora continua e instala, no fim dos dois processos reinicie o notebook.

    Configurando Internet:

    1: Baixe o Arquivo RTGNICv2.0 que está anexado nesse post, extraia e dê um duplo clique no arquivo MPKG, ele vai abrir o instalador e é só avançar e aceitar até o final e reiniciar o Notebook, agora precisamos configurar:

    1: Abre as preferências de Sistema.
    2̣: Clica em Redes.
    3: Percebam que a interface agora foi detectada, mas não conecta corretamente.
    4̣: Clica em Avançado
    5: Clica em Hardware
    6: Altere as opções para ficarem assim:

    Configurando Ethernet

    Clica em Ok e depois em Aplicar, pronto.

    Ethernet Funcionando

    Adicionando suporte leitura/escrita para NTFS

    Baixe e instale:

    OSX FUSE (Selecione também MacFuse Compatibility Layer)

    Selecione MacFuse Compatibility Layer

    NTFS 3G [Quando chegar a Caching Mode selecione No Caching][Não clique Reiniciar no fim, volte e feche a janela]

    Selecione No Caching

    FUSE WAIT (Depois de instalar esse, é só reiniciar)

    Configurando o TrackPad:

    1 – Preferências do Sistema
    2 – Trackpad
    3 – Deixe marcado as seguintes opções:

    Configurando TrackPad

    Agora abre a App Store, vai em atualizações e clica em atualizar tudo, vai receber a atualização 10.10.04 normalmente como todas as outras. 😀

    Pronto, acho que só isso. :3

    Anexos:
    You must be logged in to view attached files.

O fórum ‘Guias de instalação em Notebooks’ está fechado para novos tópicos e respostas.

Categorias